Concessionária inaugura mostra “55 anos + 1” nesta segunda (6/12) com fotografias históricas do terminal

 

A Rodoviária do Rio (Novo Rio) completou 55 anos no ano passado. Em razão da pandemia, as celebrações foram adiadas para dezembro de 2021, mês do aniversário de construção do terminal. A exposição “55 Anos + 1 – Ontem & Hoje”, organizada pela concessionária Rodoviária do Rio de Janeiro S/A, apresenta a história do terminal e a evolução de sua estrutura e serviços, além das mudanças na região onde está situada (Zona Portuária). Mais de 60 fotografias históricas das últimas décadas retratam esta que é a 2ª maior rodoviária da América Latina em movimentação de passageiros e uma das mais importantes do país, ainda mais, agora, na retomada do turismo.

 

História - O Rio ganhou a sua primeira rodoviária, em 1950, na Praça Mauá, construída pelo Touring Club.  Antes disso, nas décadas de 30 e 40, a população embarcava nos ônibus interestaduais no meio da rua, sem qualquer estrutura e conforto. Com o desenvolvimento econômico e a ampliação de destinos foi necessária a construção de um novo terminal. Projetada no governo de Pereira Passos e inaugurada pelo governador Rafael de Almeida Magalhães, nascia, no dia 5 dezembro de 1965, a Rodoviária Novo Rio.

 

Revitalização - Inicialmente administrada pela FUTREG e, posteriormente, pela CODERTE (autarquia pertencente ao governo estadual), a Rodoviária Novo Rio passou à administração privada em 1990 por meio de uma concessão onerosa com o Estado. A partir daí, vivenciou a maior reforma de sua história, tendo recebido investimentos da ordem de R$ 80 milhões até os dias de hoje. Durante a concessão o terminal foi completamente remodelado na sua estrutura (iluminação, pisos, pintura, novas plataformas, ampliação e fechamento da passarela central, portas automáticas nos acessos, sistema de monitoramento por câmeras e ar-condicionado); ganhou um projeto de acessibilidade com elevadores, novas escadas rolantes e a substituição das escadas de acesso às plataformas por rampas; o atendimento aos passageiros foi otimizado com novas bilheterias e salas Vip, carregadores de celular, wi-fi e ampliação do mix de produtos e serviços.

 

Evolução do transporte rodoviário - Nas últimas décadas, as viações aprimoraram a maneira de transportar e investiram em frotas cada vez mais modernas, seguras e confortáveis, além de aperfeiçoarem as formas de atendimento desde o serviço a bordo das rodomoças até a humanização dos guichês e dos processos automatizados de compra de passagens e embarque. Fotografias antigas e novas dos ônibus rodoviários também fazem parte da exposição.

 

"55 anos + 1" também cita a experiência de receber mais de 3 milhões de turistas, de todas as nacionalidades, durante eventos como a Jornada Mundial da Juventude, a Copa do Mundo e a Rio 2016 e, ainda, o desafio de operar em tempos de pandemia (mantendo até hoje todos os protocolos de segurança sanitária). O evento é aberto e fica localizado no setor de embarque superior da Rodoviária do Rio, num novo espaço cultural criado para receber manifestações artísticas diversas a partir de 2022. A exposição pode ser visitada até o final do Carnaval do ano que vem e também poderá ser vista no site www.rodoviariadorio.com.br a partir de 6/12. 

Pin It